Está adiado o 10º Alujá na Pedra de Xangô e a manifestação de apoio as casas que estão sendo atacadas no Brasil

29 Sep

Foi transferido

O  10º Alujá na Pedra de Xangô, que ocorreria neste sábado no Balneário Alegria em Guaíba, precisou ser adiado devido a previsão de chuva. De acordo com o evento no Facebook, a atividade vai ocorrer no outro fim de semana, nos dias 10 de outubro.

A programação faz parte de uma proposta do Ponto de Cultura Ilê Axé Cultural – ASSOBECATY  para processo de visibilidade e valorização, que desde 2007 esta sendo reinvindicada uma revitalização.

A Pedra de Xangô fica localizado no Balneário Alegria. Significa a riqueza de um povo negro e de matriz africana.

Advertisements

Você já conhece a Pedra de Xangô?

28 Sep

Você sabia da existência dessa enorme e exuberante pedra que fica no Balneário Alegria em Guaíba, conhecida como PEDRA DE XANGÔ?

Há dez anos a comunidade tradicional de matriz africana e umbanda se reúnem em torno dela, para tocar um ALUJÁ para o Rei Xangô. Este resgate esta sendo construído a 9 anos , organizado pelo Ponto de Cultura Ilê Axé Cultural ASSOBECATY.FotoJet (18)

Você já conhece a Pedra de Xangô?

28 Sep

Você sabia da existência dessa enorme e exuberante pedra que fica no Balneário Alegria em Guaíba, conhecida como PEDRA DE XANGÔ?

Há dez anos a comunidade tradicional de matriz africana e umbanda se reúnem em torno dela, para tocar um ALUJÁ para o Rei Xangô. Este resgate esta sendo construído a 9 anos , organizado pelo Ponto de Cultura Ilê Axé Cultural ASSOBECATY.FotoJet (18)

Assobecaty define a Pedra de Xangô como patrimônio Imaterial: Viva Ancestralidade

23 Sep

FotoJet (19)

Para o Ponto de Cultura Ilê Axé Cultural Africana Templo de Yemanjá, o Alujá na Pedra de Xangô tem sido desenvolvido para dar visibilidade e exigir o direito da preservação estatizada com o tombamento do monumento como patrimônio cultural de Guaíba.

A preservação da Pedra de Xangô e do seu entorno deve ter a   responsabilidade dos  terreiros, atores culturais  e deve ser extrapolada para as esferas do poder público, que deve garantir os direitos culturais do povo.

Convocação Reunião PT Guaíba via redes sociais

15 Sep

VIA REDES SOCIAIS

O diretório municipal do PT convocou na manhã desta quinta-feira (14 ) via redes sociais, uma reunião ampliada,  15 de setembro  às 19:30 horas, na Câmara municipal  de Guaíba, para a instalação da Comissão Provisória. Convite  PT 00

Segundo o convite a militantes e simpatizantes, a reunião terá a presença da Secretária de Organização do PT/RS. "O momento é de mobilização total".

Mãe  Carmen

Presidenta  PT Guaíba

1ª  Mulher Negra Presidente de Partido Político no RS

2ª Mulher Negra Presidente de  Partido Politico no Brasil

Pedra de Xangô : Símbolo Sagrado da Matriz Africana

10 Sep

FotoJet (25)

O crescimento desordenado da cidade, com a crescente diminuição e abandono das áreas verdes, rios, lagoas e orla marítima representam uma ameaça à sociedade em geral e às tradições da comunidade negra. Foi dentro desta perspectiva que no ano de 2007 a casa tradicional de matriz africana  Associação Beneficente Cultural Africana Templo de Yemanjá – ASSOBECATY, respaldada por 20 ilês encabeçou a luta pelo resgate da Pedra de Xangô no município de Guaíba. Por entender a importância da preservação do meio ambiente como condição para a manutenção da tradição do batuque do sul, visto que é uma religião baseada nos aspectos da natureza. No ano de 2013, Assobecaty foi reconhecida e investida pelo edital N. Edital Sedac nº 11/2012 – Rede RS de Pontos de Cultura, dos Programas Cultura Viva e Mais Cultura (Convênio Minc/FNC nº 763224/2011) da Secretaria Estadual de Cultura como Ponto de Cultura Ilê Axé Cultural , o plano de trabalho A Pedra de Xangô e a Gruta de Oxum são patrimônio cultural imaterial da matriz africana.

Pedra de Xangô : Símbolo Sagrado da Matriz Africana

10 Sep

FotoJet (25)

O crescimento desordenado da cidade, com a crescente diminuição e abandono das áreas verdes, rios, lagoas e orla marítima representam uma ameaça à sociedade em geral e às tradições da comunidade negra. Foi dentro desta perspectiva que no ano de 2007 a casa tradicional de matriz africana  Associação Beneficente Cultural Africana Templo de Yemanjá – ASSOBECATY, respaldada por 20 ilês encabeçou a luta pelo resgate da Pedra de Xangô no município de Guaíba. Por entender a importância da preservação do meio ambiente como condição para a manutenção da tradição do batuque do sul, visto que é uma religião baseada nos aspectos da natureza. No ano de 2013, Assobecaty foi reconhecida e investida pelo edital N. Edital Sedac nº 11/2012 – Rede RS de Pontos de Cultura, dos Programas Cultura Viva e Mais Cultura (Convênio Minc/FNC nº 763224/2011) da Secretaria Estadual de Cultura como Ponto de Cultura Ilê Axé Cultural , o plano de trabalho A Pedra de Xangô e a Gruta de Oxum são patrimônio cultural imaterial da matriz africana.