Archive | November, 1998

Cultura, reflexão, palestras e exposição marcam 1ª Semana Municipal da Umbanda e Religiões de Matriz Africana

22 Nov

Dom,22 de novembro de 1998

A Câmara Municipal de Vereadores de Guaiba que fica no Centro da cidade será  utilizada como palco das  diversas manifestações culturais e religiosas, abrigará a 1ª Semana da Umbandista.

Os adeptos da Umbanda – e também as pessoas interessadas em conhecer melhor esta religião que sincretiza vários elementos de outras crenças como o catolicismo, o espiritismo e as religiões afro-brasileiras – têm um encontro marcado na casa do povo nos dias de 22 á 28 de novembro.

O evento, que envolverá lideres e grupos umbandistas Guaibense , está sendo promovido pela ASSOBECATY- Associação Beneficente e Cultural Africana Templo de Yemanjá, com sede no bairro Santa Rita , em parceria com o Templo de Pedra Reino de Xangô, ido Sul Fluminense (UNIUM), movimento que pretende agregar as casas de Umbanda da região visando fortalecer a religião no Sul Fluminense.

De acordo com os organizadores, o encontro que também pretende divulgar a religião que tem matriz afro e o movimento negro na região, será aberto ao público das 10 às 22 horas – período em que as pessoas poderão participar das atividades, tirar suas dúvidas ou simplesmente visitar o local para conhecer melhor as origens e a prática da Umbanda que é considerada uma das mais importantes heranças culturais da população afro-brasileira, além de um dos mais fortes elementos que contribuíram para a unificação dos povos.

Para isso, uma ampla programação foi montada pelos organizadores, incluindo apresentações de dança cigana, maculelê, capoeira, exibição de filme e show de curimba e de atabaques, além de palestras sobre os temas "Orixá, quem és?" e "História da Umbanda", proferidas pelos sacerdotes paulistas Rodrigo Queiroz e Alexandre Cumino, que também é autor de vários livros umbandistas. Já para quem quiser se aprofundar nas bases da religião, ou conhecer mais sobre os rituais da Umbanda, o encontro também terá feira de livros, exposição  indumentária dos Orixás, cedido pelo babalorixá Cleon de Oxalá.
Outra novidade na abertura do encontro esta sendo esperado com muita expectativa o grupo de Congada da cidade de Osório , o artista Zilmar fará uma leitura de um monologo sobre a negritude. O inicio é domingo 22 com a recepção almoço do Grupo de Congada de Osório , no Ginásio Esportivo Coelhão e a tarde se deslocam para frente da Câmara Municipal. Quem viver verá.

Idealizadora da lei 1.402/98  Axé de Mãe Carmen de Oxalá

caracolesAxé de Mãe Carmen de Oxalá

Falar com Mãe Carmen de Oxalá  Fone: (51)  30556655

97010303 e  84945770

maecarmendeoxala@hotmail.com

Advertisements