Archive | August, 2010

ASSOBECATY seleciona jovens para o Telecentro BR, Telcentro e Bibilhoteca Moab Caldas

25 Aug

O Terreiro tradicional de Mãe Carmen de Oxalá , assim reconhecido, mas também identificado como  uma das maiores referências  sócio-culturais  do estado do Rio Grande do Sul, pelo  pioneirismo de implantar no ano de 1994 , a Biblioteca Moab Caldas, dentro de um espaço de religião afro. Para quem não sabe, a mesma foi a primeira no bairro Jardim Santa Rita, atendendo alunos e a comunidade do bairro, inclusive tiveram por alguns anos, apoio da Secretaria Municipal de Educação, que cediava  professores para o atendimento ao público. A entidade enfrentou a  falta de recursos para atualizá-la,  a falta de vontade politica de apoiar a iniciativa, essa ação provocou o impacto nas escolas do bairro  municipais e estadual, que  foram se organizando e implantando bibliotecas  na seguência  houve a explosão  tecnologia,  esses são alguns  fatores que tornaram o espaço obsoleto.

"Somos protagonistas em comunicação", essas são as palavras de Mãe Carmen de Oxalá  e  foi com  essa convicção,  que levou a religiosa a discutir em todas as instâncias oficiais a comunicação comunitária, como direito igual para os afroreligiosos, e esse diálogo culminou  no Ministério da Comunicações, por alguns anos, ao  apresentar os argumentos e fundamentações foi agregando simpatia e apoio de profissionais  conceituados de comunicação do país. Por questões  legais , já havia outro pedido oficial de rádio comunitaria, no mesmo bairro , foi suficiente para o ministério das comunicações arquivar o processo.

Da mesma forma esse arquivamento não foi suficiente para cessar o diálogo  revendicatório, nesse no ano  a diretora da Assobecaty,  que havia respondido o edital para telecentros foi recentemente contemplado pelos Ministério das  Comunicações, Ministério de Planejamento Ministério de tecnologia, Ministerio da Cultura e Seppir com o Programa Telecentro BR, ele será o instrumento de revitalização da Bibilhoteca Moab Caldas. Por essas questões a entidade torna pública a seleção  para bolsista remunerado, com duração de um ano pago pelo governo federal um bolsa, devendo os candidatos interessados entregar currículo impresso na Rua Wenceslau Fontoura, 226, Santa Rita; possuir idade entre 16 e 29 anos, possuir ou estar cursando o ensino médio, mediante compravação de matrícula e frequência. Os candidatos ainda deverão ter disponibilidade de 6 horas diárias, incluídas as horas de participação de curso à distância integrado ao Programa Telecentros BR; ter capacidade de dialógo, capacidade de facilitar a formação de novas lideranças, ter trajetória de envolvimento participativo na comunidade e ter capacidade de mobilização.

Informamos aos interessados que tais requisitos mencionados são critérios próprios do programa e unificados a nível nacional. A seleção será feita pela Psicóloga da ONG e acompanhada pelo Conselho Fiscalizador da entidade, eleito em assembléia prévia promovida pela mesma. Informações podem também ser obtidas  com Débora – Psicóloga da ONG – celular (51) 84030469 e Carmen Lúcia – Gestora e Presidente da ASSOBECATY – celular (51) 84945770.