Archive | Assobecaty em conexão direta com a Bahia RSS feed for this section

Chegou em Porto Alegre Prof. Dra. Yá Cecilia do Ilê Axé de Maraketu de Salvador

24 Jul

100_0862O Rio Grande do Sul amanheceu ensolarado, depois de semanas de frio e mau tempo. Prognóstico de dias mais quentes e melhores para receber a antropóloga bahiana Dra Yá Cecilia Conceição Soares, que vem a Porto Alegre à convite do Ilê de Tradição Templo de Yemanjá – ASSOBECATY. Para comemorar o Dia da Mulher Afro Latino Caribenha, Mãe Carmen de Oxalá produziu a estada da Yá compondo parcerias com a Prefeitura Municipal de Porto Alegre – PMPA, com a Secretaria Estadual do Estado da Cultura/ Diretoria de Cidadadania Cultural e com a Secretaria Especial de Promoção da Igualdade Racial – SEPIR, além de diversos parceiros da sociedade civil como a Central do Movimentos Populares – CMP. 100_0863
     Ao chegar Yá Cecilia foi recepcionada no aeroporto por Mãe Carmen de Oxalá. À tarde será dedicada ao roteiro turístico e a boa mesa da culinária afro gaúcha, sem dispensar logo mais, o jantar em uma churrascaria na cidade.
    100_0867

Nos próximos dias, no entanto, as atividades serão intensas: uma programação com palestras, bate papo, roda de capoeira, entrevistas e até um projeto de exposição fotográfica estão aguardando pelas Yalorixás.
    Para acompanhar e participar  das atividades acesse o programa no endereço

WWW.conexãoafro.wordpress.com

Advertisements

Representante de Mulheres de Odu na Assobecaty

21 Jul

O tempo anda mexendo com a ASSOBECATY, se contar ninguém acredita, por isso temos o compromisso de registrar a visita de Vivi- que é roteirista e produtora de Filmes –As mulheres de Odú

ela passou a tarde do dia 03 de julho, conhecendo um pouco da historia dos patrimônios imateriais Gruta de Mãe Oxum e Pedra de Xangô; Ela também pertence a comunidade tradicional de Terreiro Manso Dandalungua Cocuazenza na cidade de Salvador.

100_0803100_0800

Para afastar o frio a baiana tomou até chimarrão,  mas isso não impediu de prestar muita atenção na transmissão oral  que Mãe Carmen fez da  luta histórica que a Assobecaty,encabeça no municipio de Guaíba, acompanhada de religiosos que compõe duas Comissões a Permanente e Impulsora, destacando a persistência de Pai Roni de Ogum  e a perseverança de Mãe Geni de Yemanjá, lutadores incansaveis  pelo resgate dos dois  patrimônios.

100_0805100_0804

Mãe Carmen de Oxalá, Vivi de Dandalunda , Denise de Yemanjá e a Psicóloga Debora Lucia

Quem  ainda não conhece a história pode aguarda., que é só uma questão de tempo.