Archive | Interreligioso RSS feed for this section

ASSOBECATY = Compartilhará Experiência da Rede Estadual de Núcleos de Ilês Afro Aids-

11 Jun

N°01- 11 de junho –Guaíba- RS –Brasil

REVISTA CONEXÃO AFRO

Uma das mesas do Seminário contará com relatos de experiência de iniciativas no campo das religiões que tem trabalhado de maneira propositiva a questão do acolhimento e também a interface com as políticas públicas, conforme descrição abaixo.
Para tanto, a sua organização foi convidada para fazer um relato do que tem experimentado. Esperamos poder contar com a sua importante contribuição e aguardamos a confirmação.

Um grande abraço,

15:00 – Mesa 3: Experiências de acolhimento positivo

– A idéia dessa Mesa é compartilhar experiências positivas que trabalhem com a questão do acolhimento no âmbito da epidemia de HIV/AIDS (incluindo prevenção, assistência e cuidado) que revelem uma relação produtiva entre a teologia/religiosidade e as políticas públicas.

André S. Musskopf

www.andremusskopf.blogspot.com

"Eu quero tanto… que o meu querer não cabe em nenhum lugar"

REVISTA CONEXÃO AFRO conexaoafro@gmail.com(51) 97010303 81810404 e 30556655

Estudo indica que Religião pode acabar em 9 países ricos

9 Apr

Estudo indica que Religião pode acabar em 9 países ricos

Dados de censos colhidos desde o século XIX, indicam que a religião pode ser extinta em nove nações ricas que foram analisadas em um estudo científico. A pesquisa identificou uma tendência de aumento no número de pessoas que afirmam não ter religião na Austrália, Áustria, Canadá, Finlândia, Irlanda, Holanda, Nova Zelândia, Suíça e República Tcheca – o país com o índice mais elevado, com 60%.

Usando um modelo de progressão matemática, o levantamento – divulgado durante um encontro da American Physical Society – mostra que as pessoas que seguem alguma religião vão praticamente deixar de existir nestes países. Na Holanda, por exemplo, 70% dos holandeses não terão religião alguma até 2050. Hoje, esse grupo é de 40% da população.

"Em muitas democracias seculares modernas, há uma tendência maior de as pessoas se identificarem como sem uma religião", afirma Richard Wiener, que trabalha em um centro de pesquisa em ciência avançada, subordinado ao departamento de física da Universidade do Arizona (EUA).
A pesquisa seguiu um modelo de dinâmica não-linear que leva em conta fatores sociais e a influência que exercem em uma pessoa a fazer parte de um grupo não-religioso. Os parâmetros se mostraram semelhantes em vários países pesquisados, indicando que a religião está a caminho da extinção nessas nações.

Fonte: BBC Brasil

Dia Mundial das Religiões debate a Intolerância Religiosa

22 Jan

Assobecaty- Associação Beneficente Cultural Africana Templo de Yemanjá – em parceria com o Programa Nacional Cantando as Diferenças e o Programa Gestando o Diálogo Inter-Religioso e o Ecumenismo – Gdirec lançaram  dia 21 de janeiro, 2011,  lançam a campanha “Rompendo com a Intolerância Religiosa”.

A campanha faz uma alerta à sociedade. Pensar a intolerância religiosa,  seus impactos, na contemporanidade não tem o mesmo sentido que pensar nas diversas formas do processo dos conflitos que foram historicamente construídos. Existe a necessidade de uma mobilização social que assegure o respeito  as diferenças culturais, sociais e individuais. Baseada na idéia de ação em rede, a campanha convida pessoas, organizações e governos a dar continuidade a  reflexão que ocorreu no dia 21 de janeiro 2011,  sobre o assunto em questão  no Brasil.

Maiores informações entrar em contato com assobecaty@hotmail.com

Celebração em Louvor ao Espirito Liberário Zumbi dos Palmares

16 Nov

100_3373

Esta é a Igreja Nossa Senhora do Livramento, fica localizada no centro do municipío de Guaíba.

O departamento da Cultura Negra, órgão vinculado a Secretaria Municipal de Turísmo e  Cultura , composto por entidades da sociedade civil , movimento negro e representantes de secretarias de  governo, elaboram Programação da Semana da Consciência Negra, no ano de 2009, foi ASSOBECATY- Associação Beneficente Cultural Africana Templo de Yemanjá, terreiro comandado pela Yalorixá Carmen de Oxalá, que propos  a atividade de missa afro , para compor a programação da Semana.

100_3377A religiosa teve a  responsabilidade de mobilizar a comunidade Afro- Brasileira, para que no domingo ás 17 horas participassem da celebração. Ela divide sua preocupação “ esse tipo de organização causa muita apreensão, primeiro não é somente o meu Ilê, que tenho que mobilizar, são diversos terreiros,  num domingo a tarde , onde os religiosos não tem a cultura de sair de seus ilês nos domingos a tarde, estamos convictos que  vai dar tudo certo.

 

100_3352100_3348

Definindo os últimos detalhes para o inicio da solenidade por ocasião da Semana da Consciência Negra

100_3359 100_3351

Acertando as formas de inclusão do povo negro  e de axé , de uma forma igualitária ,  houve uma seleção criteriosa de textos que possam levar ao ato religioso reflexivo, sobre a história do povo negro, acompanhado de  orações e toques de atabaques e cânticos.

 100_3379100_3344

 100_3380

Neste momento cada um dos Babas e Iyás estão lendo o texto,  cada um  lê  uma parte, fato que da sentido a participação de todos na cerimônia.

100_3361100_3362

Pai Mãe Bere de Oxum , Pai Roni de Ogum e Pai Ricardo de Oxum 100_3347100_3353

Mãe Geni de Iemanjá, dirigente do  terreiro  que cultua Cambomblé de Angola  ela também é uma das principais religiosas do movimento ativista que chamamos de  Comissão Permanente da Semana Municipal da Umbanda e Religiões de Matriz Africana.

100_3346

Fiés se encantam com a organização da cerimônia.

  • 100_3349100_3354

Momento singular a integração dos  sons  dos atabques com os violões

 100_3345100_3365 100_3357100_3355

100_3356

  • 100_3366

As Iabás Mãe Geni  de Iemanjá e Mãe ….. e Carmen de Oxalá

100_3364100_3368

Edinara do Ilê de Mãe Jane de Obá  e os historiadores  Guilherme Porkosk representando a Secretaria de Turismo e Cultura e  Miriãm Leão uma das incentivadoras da missa Afro, Ex – diretora do departamento da Cultura Negra, ambos  reunidos para realizarmos estarmos neste dia, reunidos para realizarmos ums cerimônia de de  louvor a Zumbi dos Palmares.

 

100_3369100_3355

100_3357100_3356

Religiosos participantes da celebração Mãe Geni de Iemanjá 100_3360

 

100_3354100_3363

Criamos neste dia um  espaço de convergência

100_3367

100_3370100_3382

 

100_3381

Finalização ums cerimônia de  louvor ao Espirito Libertário  Zumbi dos Palmares.